Trabalho em Equipa - moda ou solução?

2007
Disponível em versão pdf
A história da humanidade demonstra-nos elucidativamente que, por vezes, trabalhar em equipa transporta consigo uma mais-valia inquestionável.

Mas também nos tem ensinado como é complexa a respetiva realidade. As equipas, quem as dirige e o meio em que se inserem são compostas por pessoas. Seres humanos que em toda a sua plenitude de diferenças de personalidade, educação, treino, cultura, etc., expressam acima de tudo uma enorme tendência para estarem “cada um na sua”.

Quanto possível, preservando as suas zonas de conforto e pensando primeiro em si que nos outros. Resistindo a qualquer tipo de mudanças e defendendo que, “se podem estar deitados, para quê estar sentados e se podem estar sentados para quê estar de pé” (provérbio popular).

O que demonstra afinal que trabalhar em equipa não é algo natural.

Pessoas e equipas precisam sempre de, no decurso dos processos conjuntos em que vão estando envolvidos, ver demonstrada de modo bem evidente a necessidade de cooperarem e estabelecerem redes de entreajuda e apoio mútuos. E principalmente de perceberem o que ganham com o facto de trabalharem em equipa.

Para encomendar