Treinador me Confesso

2014
Disponível em versão pdf
Tendo sempre o basquetebol como meio impulsionador, e durante mais de quarenta anos, ligam-me ao Vitorino Cunha estreitos laços de amizade que estão muito para além da profissão que nos juntou.

Foram anos ombro a ombro, travando uma luta sempre difícil, em prol da melhoria das competências de todos os que nos rodeavam, fazendo emergir e amadurecendo gradualmente a amizade que hoje nos liga, baseada num indestrutível respeito mútuo e conquistada dia a dia, olhos nos olhos, sem tibiezas nem hesitações.

Aquilo de que gostamos, gostamos, tal como o que não nos agrada ressalta desde logo.

Dizem alguns que o Vitorino Cunha os incomoda pela frontalidade e honestidade com que sempre se posiciona. Um dia compreenderão quanto os ajudou terem sempre que necessário uma voz que os norteava.

Quanto ao facto de o Vitorino Cunha ser exigente para com os outros, é bom não esquecer que não o é menos para consigo próprio, através de uma coerência e integridade que constituem a sua imagem de marca pessoal.
Um verdadeiro exemplo a seguir!

Para encomendar